Born to be wild…

Publicado: 30 de agosto de 2011 em Rota 66 - 2011, Viagens
Tags:, ,

Chegou o grande dia. Depois de passar o domingo pelo litoral até San Diego, a segunda guardava nosso encontro com as motos. 8:30 já estávamos na loja da Eagle Rider (apesar dela só abrir às 9). E foi uma ótima medida pois logo em seguida chegou um grupo grande da Apex com mais de 15 pessoas. Cada um era atendido pela ordem de chegada.

image

Pegamos finalmente às Road Kings. Todas pretas com encosto de passageiro e alforges. Exceção a do Alexandre que era azul, o que acabou trazendo más lembranças pelo clássico catarinense de domingo. Acabou trocando pela alvinegra do Ronaldo, único azurra da turma.

image

Ajeitadas as malas e bolsas, que ajustamos como apoio para as costas no banco do carona, pegamos finalmente a estrada.

Como construí às rotas, fiquei encarregado de guiar a turma. E o Rodrigo, como mais experiente e único que possuía moto semelhante, ficou na retaguarda cuidando do grupo.

Já na I-405 tivemos uma surpresa ruim: a moto do Alexandre entrou na reserva. Como as freeways não possuem postos de combustível, precisamos sair para abastecer. Do Rodrigo também não estava com o tanque completamente cheio. Falha da Eagle. Para.complicar os marcadores aparentemente não estavam marcando direito. Passamos a controlar mais de perto o consumo.

Voltamos a I-405 buscando a CA-74 para cruzar em direção a Palm Springs. Paramos no Hells Kitchen para comer. Bom hamburguer mas como atração não tem nada demais.

 

Saindo dali uma subida e uma vista excepcional de um Vale. Uma estrada tortuosa, alguns enganos, e chegamos na i-10 para Palm Springs.

Nesse trecho o calor aumentou incrivelmente. Perdemos a brisa fraca próxima ao mar para pegar o bafo quente do deserto. Chegamos a parar num mercado para nos hidratar mas, principalmente, aproveitar o ar condicionado.

Depois de pegar algumas estradas maravilhosa cercadas de montanhas deserticas e mesmo algumas usina eolicas com centenas de cataventos, chegamos ao município de estada está noite.

A cidade fica à beira de uma montanha rochosa enorme, e vira uma sauna pois ela esquenta demais. Chegamos a ir num parque para ir no topo mas estava fechando.

Encontramos nossa hotel, comemos algo, e fomos dormir, pois o dia foi cansativo. Amanhã tem mais estrada!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s